sexta-feira, 27 de abril de 2012

Os Serventes do Führer



Alwin-Broder Albrecht (set./1903-mai./1945) - Ajudante de Ordens da Marinha. Coronel-senior-NSKK. Suicidou-se em 01/05/1945. Vide mais detalhes aqui.










Hans Baur (jun./1897-fev./1993) - Piloto particular de avião. Tenente-general-SS (Gerais). Fugiu, ferido na perna, de Berlim após o suicídio de Hitler. Preso pelos soviéticos até out./1955. Após a libertação escreveu suas memórias. Vide bio mais detalhada aqui.








Nicolaus von Below (set./1907-jul./1983) - Ajudante de Ordens da Luftwaffe. Coronel. Escapou de Berlim em 30/04/1945. Publicou famoso livro em 1980 sobre seus dias ao lado de Hitler.








Georg Betz (jun./1903-mai./1945) - Copiloto particular de avião e substituto na ausência de Hans Baur. Tenente-coronel-SS. Ferido e morto em 02/05/1945 quando tentava escapar de Berlim, cercada pelo Exército Vermelho.









Albert Bormann (set./1902-abri./1989) - Ajudante pessoal na Chancelaria do NSDAP. Tenente-general-NSKK. Escapou num grupo de pessoas do bunker em 20/04/1945 com objetivos a cumprir. No trajeto, por via aérea, perdeu-se seu rastro. Foi localizado em abr./1949 e aprisionado por seis meses. Vide bio mais detalhada aqui.








Martin Bormann (jul./1900-mai./1945) - Secretário particular. Tenente-general-SS (Gerais). Chefe da Chancelaria do NSDAP. Morto ao tentar fugir de Berlim em 01/05/1945. Julgado no Tribunal Militar de Nuremberg in absentia. Condenado à morte. Seus restos mortais somente foram descobertos em dez./1972 e confirmado, através de exame de DNA em 1999. Vide bio mais detalhada aqui.






Wilhelm Brückner (dez./1884-ago./1954) - Ajudante-chefe até out./1940. General-SA. Incorporado ao Exército em 1941, lutou na frente oeste, onde foi ferido e hospitalizado. Prisioneiro dos aliados após o fim da guerra. Vide bio aqui.









Gerda Christian (Dara) (dez./1913-abr./1997) - Secretária. Escapou de Berlim em 01/05/1945 juntamente com Traudl Junge, mas foi capturada pelos russos no dia seguinte.








Erna Flegel (jul/1911-fev./2006) - Enfermeira (Cruz Vermelha). Por vezes atuou como babá dos filhos do casal Goebbels no bunker. Capturada pelos russos ainda dentro do bunker.






Ernst-Robert Grawitz (jun./1899-abr./1945) - Médico. General-SS (Gerais). Suicidou-se detonando uma granada de mão em sua casa, matando toda sua família.








Otto Günsche (set./1917-out./2003) - Ajudante de ordens pessoal. Major-SS. Testemunhou o suicídio do ditador. Fugiu de Berlim em 01/05/1945. Prisioneiro dos soviéticos até mai./1956.









Ludwig Werner Haase (ago./1900-nov./1950) - Médico. Tenente-coronel-SS. Orientou Hitler da melhor maneira de cometer o suicídio usando sua cadela (Blondi) como cobaia. Prisioneiro dos russos.






Johannes Hentschel (mai./1908-abr./1982) - Eletricista. Responsável pela casa de máquinas do bunker. Permaneceu dentro do bunker até cair prisioneiro dos soviéticos. Foi libertado em abr./1949.


Heinrich Hoffmann (out./1885-dez./1957) - Fotógrafo. Em seu estúdio Hitler conheceu Eva Braun que lá trabalhava como assistente no final da década de 20. Escreveu diversos livros sobre sua vida com Adolf Hitler ainda antes de se tornar chanceler. Prisioneiro dos norte-americanos até mai./1950.








Willy Johannmeyer (jul./1915-abr./1970) - Último Ajudante de Ordens do Exército. Tenente-coronel condecorado com a Cruz de Cavaleiro com Folhas de Carvalho. Veterano das campanhas da Polônia, França e Rússia. Deixou o bunker em 29/04/1945 para cumprir ordens do ditador nazista. Preso pelos norte-americanos.







Gertraud Junge (Traudl) (mar./1920-fev./2002) - Secretária. Datilografou os testamentos pessoal e político de Hitler na antevéspera do seu suicídio. Escapou de Berlim após o suicídio de Hitler. Vide biografia mais detalhada aqui








Erick Kempka (set./1910-jan./1975) - Motorista. Tenente-coronel-SS. Testemunhou a morte e cremação do casal Hitler. Escapou de Berlim em 01/05/1945. Preso pelos soviéticos. Escapou. Novamente aprisionado pelos norte-americanos até out./1947. Vide bio em mais detalhes aqui.







Armin Lehmann (mai./1928-out./2008) - Mensageiro. Membro da Juventude Hitlerista. Tinha dezessete anos ao final da 2ª Guerra Mundial. Deixou Berlim apóis a morte de Hitler. Em 1953 emigrou para os EUA onde trabalhou com turismo e escreveu um livro pacifista.








Heinz Linge (mar./1913-jun./1980) - Ordenança. Major-SS. Testemunhou a morte do casal Hitler. Fugiu de Berlim em 01/05/1945. Prisioneiro dos soviéticos até 1955.








Constanze Manziarly (abr./1920-mai./1945) - Cozinheira e nutricionista. Escapou de Berlim em 01/05/1945. Suicidou-se no dia seguinte para escapar da captura.









Rochus Misch (jul./1917-set./2013) - Telefonista, guarda-costa e mensageiro. 1º Sargento-SS. Prisioneiro dos russos até 1955. Última testemunha a morrer dos dias finais de Hitler. Seus depoimentos ajudaram muito a reconstituir aquele conturbado período. Vide bio aqui.






Theodor Morell (jun./1886-mai./1948) - Médico. Expulso do bunker por Hitler nos dias finais da guerra, devido à falta de confiança nos remédios prescritos. Prisioneiro dos norte-americanos onde morreu.








Karl-Jesko von Puttkamer (mar./1900-mar./1981) - Oficial de ligação da Marinha. Contra-almirante. Feriu-se em 20/07/44 no atentado contra a vida do ditador nazista. Frequentava o Bergohf. Fugiu de Berlim em 23/04/1945. Prisioneiro dos norte-americanos até mai./1947. Vide mais detalhes aqui.







Johann Rattenhuber (abr./1897-jun./1957) -  Chefe dos guarda-costas. Tenente-general-SS e da Polícia. Participou da cremação do casal Hitler após o suicídio. Capturado pelos soviéticos quando tentava escapar, ferido, de Berlim. Prisioneiro até mai./1955. Vide bio mais detalhada aqui.






Franz Schädle (nov./1906-mai./1945) - Comandante do Batalhão de Guardas-SS. Tenente-coronel-SS. Suicidou-se em 01/05/1945.








Julius Gregor Schaub (ago./1898-dez./1967) - Ajudante-chefe. General-SS. Filiado ao NSDAP. Escapou de Berlim por ordem de Hitler em 22/04/1945. Prisioneiro dos norte-americanos até 1949. Vide mais detalhes aqui.









Christa Schroeder (mar./1908-jun./1984) - Secretária-estenógrafa. Escapou de Berlim por ordem de Hitler em 22/04/1945. Prisioneira dos norte-americanos até mai./1948.






Richard Schulze-Kossens (out./1914-jul./1988) - Oficial de ligação das SS. Tenente-coronel-SS. Prisioneiro dos norte-americanos por três anos. Vide mais detalhes aqui.









Ludwig Stumpfegger (jul./1910-mai./1945) - Médico. Tenente-coronel-SS. Ajudou Magda Goebbels a envenenar os seis filhos dentro do bunker. Morto pelos soviéticos quando tentava escapar de Berlim em 01/05/1945. Seus restos mortais foram encontrados com os de Martin Bormann somente em dez./1972.







Fritz Tornow (?-?). Veterinário e cuidador dos animais de Hitler e Eva Braun. Sargento. Auxiliou no teste do veneno feito com a cadela de Hitler. Sacrificou todos os animais após a morte do ditador. Permaneceu no bunker até ser capturado pelos soviéticos.






Hans-Erich Voss (out./1897-nov./1969) - Oficial de ligação da Marinha. Vice-almirante. Esteve presente na reunião militar onde ocorreu o atentado à vida do Führer em 20/07/1944. Fugiu de Berlim em 01/05/1945. Posteriormente ajudou a identificar os corpos da família Goebbels.  Prisioneiro dos russos até dez./1954. Vide bio mais detalhada aqui.







Johanna Wolf (jun./1900-jun./1985) - Secretária-chefe. Filiada ao NSDAP. Fugiu de Berlim a mando de Hitler em 22/04/1945. Prisioneira dos norte-americanos até jan./1948.









Blondi (?/1941-abr./1945) - Cadela pastor alemão, presente de Martin Bormann. Hitler adorava-a. Diziam até que ele tinha mais afeição pelo animal do que por Eva Braun. Nos últimos dias de vida, mandou que seu médico, Werner Haase, utilizasse as cápsulas de cianureto em Blondi para testar o efeito. Blondi havia dado cria a cinco filhotes alguns dias antes. Convencido da eficácia do veneno, Hitler matou-se com sua esposa no dia seguinte. Todos os filhotes de Blondi assim como os dois terries de Eva foram sacrificados.




Nenhum comentário:

Postar um comentário